sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Saudades...

Saudade...um sentimento que não me abandona, e que vai me acompanhar por longos anos. Viver sem a presença de pessoas que tanto amamos é difícil demais, é aquela velha história...'só sabe quem passa', e como é difícil passar! 
Hoje completam-se 5 meses sem minha mãe, tem dias que a ouço me chamar,... não passa um dia que eu tenha a imagem perfeita dela entrando pela minha sala e sentando na mesa enquanto eu fazia o almoço,...tenho tantas novidades para lhe contar. 
Pessoas conhecidas me perguntam se ela esta bem, procuro não pensar no assunto e respondo o que aconteceu, não espalhamos pela cidade o seu falecimento, porque achamos que é uma dor só nossa...compareceram pessoas próximas e só.
Às vezes me sinto numa solidão sem fim, minha amiga de longas conversas não esta mais aqui. Procuro nem me lembrar dos momentos vividos com ela...porque me fazem sofrer ainda mais. Ela esta aqui, dentro de mim pra sempre...SEMPRE! Não gosto de falar sobre esse assunto, prefiro chorar...choro bastante e continuo a vida.
É um pequeno desabafo, porque afinal aqui é o 'Cotidiano de uma amiga'...e cotidianamente a saudade me atormenta.
DEUS tem sido meu amigo, me amparando e confortando.
Sempre gostei muito dessa época(Natal), mas este ano não terá brilho pra mim...a pessoa que sempre sentou na cabeceira da mesa não estará mais lá,...vou tentar levar adiante, não quero incomodar o Natal de ninguém.
Tem que ser assim..."a vida continua", não é?


Abraço queridas.

15 comentários:

Perfume de Pitanga! postou o comentário de número:

Oi!

Amiga sei que nada que eu disser aqui vai diminuir a sua dor, mas tb passei por isso quando perdi meu pai a 4 anos atrás e a única certeza que eu tenho sobre este sentimento que doi muito é que a dor vem muito forte, e depois vem um vazio e ai o tempo vai passando e a saudade é inevitavel mas o que me conforta e que depois vem as recordações e lembranças boas!
Um grande abraço bem apertado e fique com Deus.
Bjus


Janini

Veronica Kraemer postou o comentário de número:

Paula querida, sinto muito , muito mesmo por sua perda, e imagino como deve ser difícil nesta época do ano...
Desejo que Deus lhe conforte e te mando muita luz de amor.
Te adoro, amiga!!!
mas saiba que sua mãe estará sempre a seu lado, te olhando e cuidando de ti.
Beijossssssss
Vero

Brechó Recicle Online postou o comentário de número:

Falar o que numa hora dessas! Tentei te dar um apoio no post anterior, mas sei que é em vão!

Durante nossa estada aqui na terra,não nos preparamos para perdas, sabemos que virão mas achamos melhor nem pensar.Por isso quando acontece, dói tanto!!

Só o tempo vai amenizar essa dor!

É tudo muito recente...Dê tempo ao tempo!

Bjs e conte comigo se precisar de conforto, tá?!

Paulinha

Lu postou o comentário de número:

Paula, sei bem a dor que vc está passando, perdi meio pai há um ano e parece que foi ontem, é dificil o dia que não penso nele, penso todos os dias, principalmente a noite, quando deito e começo a relembrar os fatos, parece mentira, e choro muito.
Hj fui comprar o presente de minha filha e lembrei muito dele, porque ele fazia questão de dar aos netos o que eles pediam, mesmo que não pudesse, ele dava um jeitinho.
Amiga, sei que não é fácil, mas força!
Confie em Deus e se apegue cada vez mais nele, lembre-se dos bons momentos que passou junto com sua maezinha e que agora ela está em um lugar de paz!!!
Sei que não é fácil, mas tenho certeza que tanto sua mãe quanto meu pai, não gostariam de nos ver sofrendo.
Se precisar conversar, estou aqui, me escreva se preferir por e-mail.
bjus no seu ♥

Adelaide postou o comentário de número:

Oi, Amiga! quero te dizer que não sei sobre a dor que você esta passando pois ainda tenho minha mãe, nessa existência terrena, Mas meu pai já foi a alguns anos, o aniversário dele era no dia 24 de desembro, nós faziamos festa, cantávamos parabéns...os primeiros anos comemoramos pois sabíamos que era assim que ele ficaria feliz (nos vendo felizes)depois começamos a vivenciar essa separação como algo paralelo, quando comentamos dele "nunca" usamos palavras como "o falecido", papai simplesmente mudou está em outra dimensão...assim as vezes reclamo com ele sobre coisas que ele não resolveu...rio e tenho lembranças doces hoje a saudade não doi ela é uma saudade que conforta...aprendi em 15anos (quando alguns familiares e amigos se mudaram para outra dimensão, no total de 10) que cada "dor" é diferente, a dor que senti ao me afastar de minha avó materna, foi uma, da paterna outra, do tio outra e do meu pai uma totalmente diferente....por isso afirmo que não conheço a tua dor....mas quero que saiba que tens filhas lindas e a dimensão onde sua mãe está certamente ela lhe ouve e como boa mãe que foi, quer ver a filha feliz. Por isso não se sinta culpada por se divertir, pense em quão bom foi Deus que te deu uma mãe como ela para viver ao teu lado por um tempo tão precioso e agradeça.
Muita Luz e Paz
Grande abraço

Deusa postou o comentário de número:

Oi linda

Mas que dor horrivel deve ser esta,a gente nunca esta preparada para perder uma parte da gente,mas na verdade somos imortais,o que separa a você de sua mãe e apenas o corpo,nos não morremos nunca,apenas abandonamos o corpo que e como uma roupa(amada,claro).

O que esta havendo com você e uma separação dura,mas temporaria,o maior sofrimento e realmente a falta de ver e ouvir a pessoa.

Pense em sua mãe como se ela estivesse fazendo uma viagem,uma deliciosa e merecida viagem de descanso,ferias das dores e problemas que a gente tem frequentemente,ela com certeza não sofre mais,deve neste momento estar com a sua familia que também *viajou* e fazendo aquilo que mais gosta...

O que ela mais gostava de fazer?cozinhar,bordar,pintar....

Um dia desses sonhei com meu avó,eu estava perto de um rio,um riozinho com águas profundas e azuis...correndo com aquele barulhinho gostoso...derrepente eu senti um vento gostoso bater no meu rosto,como se um sopro de serenidade,de amor profundo...não consigo descrever aquele vento....e na outra margem eu vi campos verdes,flores,sol e meu avó....tão forte,tão feliz,tão satisfeito....eu tentei ir para a outra margem,mas não consegui...eu só ouvia...calma...tudo tem seu tempo.
Enquanto você chora de saudade,ela chora por não poder te dizer...eu estou bem,feliz,olha...eu renasci...ouça ela te dizendo isso,pense nela e peça-lhe que te faça sentir a doçura e a luz do lugar onde ela esta....
Sinta o amor,os beijos,o abraço reconfortante que ela lhe da todos os dias....sinta o quanto sua mãe esta feliz...ela alcansou a paz,o conforto,a luz,o amor.
Com certeza ela deve ter deixado algo para você terminar,algo que ela não conseguiu terminar...continue por ela...
Deusa
vasinhos coloridos

http://claudiaaoextremo.blogspot.com/ postou o comentário de número:

Oie Paula coincidencia,hoje faz 2 meses que perdi meu irmãozinho de 19 anos assassinado em um assalto Tb não teremos natal sno novo,vida nova
Sei bem a dor que vc está sentindo,não vou te consolar,não vou dizer que sua dor vai passar,primeiro pq ainda estou revoltada com uma perda por motivo tão estupido,segundo amiga pq se eu te disser que passa vou estar mentindo,a dor só faz crescer,talvez algum dia com o tempo pode ser que ela se amenize,mas acho dificil,era nosso caçula,a alegria da casa
Agora todos os dias são nublados...
O que posso te dizer de coração,é que vc seja forte na medida do possivel e do toleravel pra vc
pois com certeza existem muitas pessoas que precisam de vc da sua atenção e cuidados então pense nelas para se fortalecer,é o que tenho feito tentando consolar o coração distruido da minha mãe da minha irmã q além de irmã era madrinha dele
Hoje tentei fazer um post em homenagem a ele,mas não consegui
A dor é infinita
Espero amiga que vc fique em paz,desculpa amiga acho que é a unica coisa que posso te dizer num dia tão doloroso,coincidentemente para nós duas

Adriana Alencar postou o comentário de número:

Sinto pela sua perda, o único consolo que posso lhe oferecer neste momento difícil é que a tristeza passa e ficam as lembranças dos momentos felizes.
Conheci o seu blog através do perfume de pitanga e gostei muito. O seu layout é uma fofura e os assuntos bem variados e agradáveis. Estou ficando por aqui!
Bj
Adri

Silvana Fabbri postou o comentário de número:

Paulinha, lindona, não posso mensurar sua dor, minha mãe está ao meu lado sempre e não consigo me ver sem ela, sei que um dia vai acontecer, mas não procuramos pensar nisso né não? Saudade só é saudade quando dói, e sua está doendo até em nós que, apesar de não nos conhecermos, parece que fazemos parte da mesma família, é esquisito isso, mas é a sensação que tenho, quando minhas amigas blogueiras sofrem parece que sofro junto, é como estar ai do seu lado.
Mas como você mesma já percebeu, tem que seguir em frente, dói ? e como dói ... mas sua família precisa da sua alegria e do seu amor.
Tenha um Natal repleto de paz e luz, eu aposto que é exatamente isso que sua mãe deseja a você.
Fique em paz e com Deus, e quando quiser desabafar, estamos sempre aqui. Longe mas aqui.
Beijokas cor de abóbora.....

Toquinha do Artesanato, esmaltes, bijoux e cosméticos postou o comentário de número:

Oi Paula, nem consigo imaginar quando perder meus pais, se eles forem antes que eu. A dor deve ser muito grande e eu acho que a sensação é de estar sozinha no mundo, mesmo tendo outros parentes não é mesmo?
Tenha força e pense que um dia vai se encontrar de novo com ela!
Bj

*~* Coisas da Bruxinha *~* postou o comentário de número:

Paula, eu ainda nao passei por isso mas imagino que sua dor seja mesmo muito dolorida e dificil no dia a dia, mas tente amenizar pensando que ela está ao teu lado mesmo que nao fisicamente, ela ia gostar de ver vc bem , pense nisso.
Um grande beijo
Leila

Simara **(Plantão da beleza)** postou o comentário de número:

Menina que blog é esse tem tudo que eu quero aqui adorei em ,linda eu adorei seu blog e já estou seguindo e quero aproveitar e te convidar para conhecer meu blog , vc é bem vinda por lá viu
/(,")\\
./_\\. Beijossssssssss simara
_| |_................
http://plantaodabeleza.blogspot.com/

Brechó Recicle Online postou o comentário de número:

Oi Paula! Coloquei o link da sua guirlanda lá no post de hoje!Espero que goste...rs

Obrigada por comentar e ter avisado sobre a guirlandinha ! Ela é lindinha, mesmo!

Bjs

Marcia postou o comentário de número:

Ah, Paulinha...Como é bom ver que vc tem tantas boas lembranças de sua mãe! Cada pensamento de saudade é uma homenagem a ela, que onde estiver, continua te amando e protegendo. E com certeza, compartilhando tudo o que te acontece, acredite!
bjs e fica com deus!

Thiago postou o comentário de número:

Oi Paula.

Me emocionei com o seu desabafo. Perder pessoas queridas, ainda mais quando se trata de alguém tão importante (sei bem como é), é sempre muito doloroso. Mas como você disse: "A vida continua". Tem pessoas aqui contando com a gente e ela deve estar olhando pra você desejando que seja feliz!

Um abraço,

Thiago

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

GIRLSPT.COM - Cursores Animados
Web Statistics